segunda-feira, 26 de maio de 2014

Pérgola de Madeira Preservada



PÉRGOLA

Pergolado, ou Pérgola, é um espaço multi-uso, geralmente construído em madeira, que pode ser usado para base de vegetação trepadeira como Primaveras ou Bougainville ou mesmo para suportar um vidro, policarbonato, lona translúcida ou sombrite. Com a redução dos jardins residenciais, o perolado pode ajudar na criação de orquidários ou jardins verticais em espaço agradável para leitura e descanso.

CONFIGURAÇÃO

A pérgola é basicamente um conjunto de vigas (Transversinas), com espaçamento constante, apoiadas em vigas maiores (Longarinas). As longarinas podem apoiar-se em pilares ou em estruturas já existentes.

MATERIAL


Madeira serrada ou roliça podem compor a pérgola. Aconselha-se utilizar madeiras oriundas de reflorescimento e submetidas a processo de tratamento preservativo para garantir durabilidade contra xilófagos (cupins e fungos decompositores). A principal empresa fornecedora de madeiras serradas ou roliças na região sul é a TWBrazil. Recomenda-se o uso de madeira de Pinus, Eucalipto, Teca ou Bambu.
No caso da opção pela madeira de Eucalipto, é altamente recomendável a fixação de chapa anti-racha nos topos das peças roliças, para evitar rachaduras ocasionadas pela perda acelerada de umidade nas extremidades em relação do meio das toras.

TRATAMENTO PRESERVATIVO


O tratamento preservativo a ser utilizado na madeira de acordo com a NBR 16.143:2013 - Preservação de Madeiras - Sistema de Categorias de Uso é Categoria 5, visto que as peças ficarão em contado direto com o solo e exposta às intempéries.

FERRAGENS


A depender das dimensões das peças componentes da pérgola, pode-se utilizar parafusos ou barras roscadas para fixação. Pregos anelados também podem ser utilizados. Sempre opte pode ferragens com revestimento superficial como cromo, galvanização ou bi-cromatização ou ainda utilizar ferragens de aço inox.

EXECUÇÃO


A instalação pode ser feita tanto sobre terra ou gramado, enterrando-se os pilares (50 à 70cm, quanto apoiando os pilares sobre piso cimentado ou revestido com cerâmica. No segundo caso, deve-se utilizar ferragem que garanta a fixação segura da base dos pilares.

MANUTENÇÃO


Recomenda-se o lixamento das peças com lixa fina para remoção de poeira aderida, e re-aplicação de pintura tipo Stain.

DESCARTE FINAL


Recomenda-se a reciclagem da madeira em outras aplicações antes da disposição final em aterro industrial classe I (Inertes). A madeira tratada não deve ser queimada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário